Uma “pandemia” de Transtorno de Estresse Pós Traumático?

Estes dias estava analisando os dados de algumas empresas das quais já tenho os resultados dos Assessments de Saúde emocional.

São mais de 850 questionários respondidos por empresas diferentes e é gritante o nível de Transtorno de Estresse Pós Traumático (TEPT), identificado como o transtorno emocional que mais estava ocorrendo em todas elas e “ganhando” de longe.

Analise comigo

Diagnóstico Total de colaboradores % dos colaboradores

TEPT 200 23,5%

2º diagnóstico 109 12,8%

Ficou claríssimo para mim (e para as empresas) que:

1. Algo precisa ser feito. As pessoas estão em um nível alto de distúrbio emocional e isso afeta não só a pessoa, mas todas as pessoas com quem ela trabalha.

2. Este cenário está prejudicando demais a produtividade. A prevalência de TEPT na sociedade é na casa de 8%, ou seja, as empresas estão com colaboradores carregando um peso emocional enorme, que claramente afeta sua performance.

3. Não adianta tentar soluções paliativas. Deve-se buscar a raiz do problema e muitas empresas não sabem por onde começar.

O TEPT é causado por traumas. Estes traumas podem ser eventos agudos (por exemplo um assalto ou acidente) algo que a pessoa viveu ou que ouviu alguém contar. O evento pode ser recente ou ser uma memória de algo que deixou “esquecido” no inconsciente.

Alguns médicos, porém, também consideram traumas assédios morais recorrentes. Um chefe que “explode”, que ofende um funcionário, durante anos e a pessoa se sente obrigada a aguentar, pode desencadear sintomas de TEPT. Só de pensar em ir para o trabalho a pessoa já entra em estado de estresse.

Assim, é preciso fornecer orientação urgente nas empresas orientar os colaboradores para que procurem ajuda.

Além disso, é importante uma análise do ambiente corporativo para que se identifique o que pode estar gerando este tipo de situação no time e, por fim, prover informações os grupos que não apresentam diagnósticos para que estejam mais aptos a lidar com os desafios emocionais e o estresse do trabalho.

É um trabalho muito possível de fazer e que transforma o ambiente e os resultados da empresa.

Veja mais no vídeo no Youtube:

https://youtu.be/I_ddTln_RY4

Siga, comente, questione!

Até o próximo texto

Grande abraço

Heitor G. Fagundes

Psicoterapeuta e consultor de Saúde Emocional




0 visualização

©2020 by Heitor G. Fagundes. 

SAUDE.VC Serviços para Consciência

R. MMDC 217 São Paulo SP

cel/whats: +55 11 970.866.906

  • LinkedIn ícone social
  • Black Instagram Icon
  • YouTube
  • Black Facebook Icon